Tecnologia e Negócios

Coca-Cola FEMSA Brasil promove curso de capacitação gratuito para mulheres em Curitiba

A Coca-Cola FEMSA Brasil, maior engarrafadora de produtos Coca-Cola no mundo em volume de vendas, realizou em Curitiba uma nova edição do seu projeto Escola de Promotoras, em parceria com a ONG curitibana Encontro com Deus. A iniciativa ofereceu curso de capacitação gratuito para mulheres em situação de desemprego e vulnerabilidade social para ampliar as possibilidades de colocação no mercado de trabalho como promotoras de vendas no segmento de bebidas. A aula teórica e prática foi realizada no Centro de Treinamento da unidade da companhia localizada na BR-227, no bairro Uberaba. Sete mulheres concluíram a capacitação.

O curso teve um total de 8 horas/aula e nele foram apresentadas de forma detalhada todas as funções da promotora de vendas, noções de merchandising, dicas de colocação e exposição dos produtos nos pontos de venda e demais técnicas para que a profissional esteja apta a impulsionar a comercialização da sua linha de produtos. Especialistas do setor de recursos humanos e da área comercial da empresa compartilharam suas experiências e realizaram a capacitação das futuras promotoras. Elas tiveram seus currículos cadastrados para participarem de processo de seleção na própria Coca-Cola FEMSA e ficarão habilitadas a concorrer a vagas nas demais empresas do setor. Ao final da atividade, todas recebem um certificado de conclusão do curso de qualificação.

O projeto Escola de Promotoras integra um conjunto de ações promovidas pela área de Inclusão & Diversidade e a área comercial da companhia. A gerente de Talento e Cultura da Coca-Cola FEMSA Brasil, Priscylla Haddad, destaca que a empresa está fazendo sua parte para promover a equidade de gêneros em todas as áreas de atuação da empresa. “Um dos principais motivos de a equidade de gênero ainda ser um desafio para o mercado de trabalho é a questão cultural. Muitas posições ainda têm o estereótipo de serem exclusivamente masculinas, como nas áreas técnica e industrial, na distribuição e, também, no comercial, funções ainda ocupadas majoritariamente por homens”, destaca.

Luciana Mota, gerente de Recursos Humanos do time Comercial destaca que, em breve, a iniciativa será ampliada e realizada em outras regiões onde a companhia atua. “A Escola de Promotoras vai gerar novas possibilidades de colocação no mercado de trabalho para as participantes, seja na Coca-Cola FEMSA ou em outras empresas, neste momento de tanta instabilidade em que vivemos. E ela ainda vai incentivar e oferecer possibilidades para que cada vez mais mulheres conquistem seu espaço e ocupem novas posições”, finaliza.